Divulgação índices do mês de março de 2021 – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem divulgar, em primeira mão, para toda a sociedade e imprensa os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de março de 2021. A Fundação disponibiliza profissionais especialistas para atender às suas demandas e prestar os esclarecimentos necessários. Destaques: O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, avançou no terceiro mês do ano, ao ser comparado com fevereiro, apresentando um aumento de 1,24% no mês, sendo este o maior valor registrado para o mês de março dos últimos 6 anos. O resultado foi obtido a partir da pesquisa de preços dos produtos/serviços que são agrupados em 11 itens agregados, sendo os maiores destaques, em termos de variação, as […]

Continue lendo...

Com a alta dos preços, vendas de produtos tradicionais na Páscoa devem ser menores

Aumento foi registrado nos ovos de chocolate e em alimentos típicos da época, como peixes Pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead) revela aumento em todos os itens de páscoa, entre ovos de chocolate, peixes e outros alimentos usados em pratos tradicionais da época, como a batata inglesa e o azeite.  O aumento de preços dos ovos de chocolate é de 27,42% em relação ao mesmo período do ano passado, no início da crise causada pelo novo coronavírus. Os peixes estão, em média, 19% mais caros. A batata inglesa registrou alta de 10% e o azeite de 11,78%. De acordo com a coordenadora de pesquisas do Ipead, Taíse Martins, os preços subiram principalmente devido ao […]

Continue lendo...

Ascensão de preços: itens de Páscoa sobem acima da inflação e forçam ‘via sacra’ para economizar

Além de celebrações religiosas possivelmente esvaziadas em razão da pandemia, a Páscoa deste ano deve ser marcada pela falta de muitos produtos tradicionais na mesa dos mineiros. O motivo é que a maioria dos itens da ceia pascal – como bacalhau e ovos de chocolate – registrou disparada de preços em relação à mesma data de 2020.  Duas pesquisas divulgadas ontem, pelo Mercado Mineiro e pela Fundação Ipead/UFMG, mostram que alguns produtos chegaram a ter majoração de até 68%. No geral, os índices de encarecimento de alguns são muito maiores do que a inflação para o período – até o mês passado, segundo o IBGE, o IPCA era de 5,2%, em um ano. Somando-se isso o desemprego e a queda […]

Continue lendo...

Divulgação do Índice de Confiança do Consumidor – março de 2021 – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem divulgar, em primeira mão, para toda a sociedade e imprensa os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de março de 2021, sobre o Índice de Confiança do Consumidor. A Fundação disponibiliza profissionais especialistas para atender às suas demandas e prestar os esclarecimentos necessários.  Destaques: O comércio foi novamente fechado com restrições mais severas do que em períodos anteriores, fato que refletiu negativamente no humor do consumidor. Após alta verificada em fevereiro, O Índice de Confiança do Consumidor, ICC-BH, apresentou forte queda no mês de março (-19,54%), interrompendo a recuperação observada no início do ano. O ICC-BH atingiu 29,01 pontos, sendo este o nível mais baixo já observado desde o início da pandemia e também de toda a […]

Continue lendo...

Preço dos ovos de Páscoa sofre aumento de 30% em BH, e variação beira 70%

Variação de preços entre comércios pode atingir 68%, e um mesmo produto vale entre R$ 29,98 e R$ 50,49 em diferentes estabelecimentos, segundo análise do Ipead da UFMG Contrariando a tendência do mercado na primeira Páscoa em meio à pandemia de coronavírus, em abril passado, o preço médio de ovos de chocolate sofreu um aumento próximo de 30% nesta véspera de Semana Santa, segundo revelou análise do Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis (Ipead), da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), à tarde de terça-feira (30). O valor médio de 17 ovos de Páscoa, de diferentes quatro marcas, listados na pesquisa, gira em torno de R$ 39,57. O estudo também indica a importância dos consumidores pesquisarem preços entre um […]

Continue lendo...

Divulgação dos resultados sobre os itens mais consumidos na Páscoa – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem divulgar, em primeira mão, para toda a sociedade e imprensa os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de março de 2021 sobre os itens mais consumidos na Páscoa e disponibiliza profissionais especialistas para atender às suas demandas e prestar os esclarecimentos necessários. Destaques: O custo médio dos Ovos de Páscoa apresentou elevação em 2021, quando comparado ao preço médio praticado em 2020, sendo esta variação igual a 27,42%. O valor médio entre os ovos de chocolate pesquisados está em torno de R$ 39,57 a unidade. Destaca-se que, diferentemente do ano de 2020, em 2021 foi possível realizar a pesquisa em estabelecimentos comerciais de forma presencial, conjuntamente com os fornecedores de preços pela internet, mesmo com o momento atual […]

Continue lendo...

Repercussão da pesquisa da cesta básica do mês de fevereiro de 2021

Valor da cesta básica chegou, em fevereiro, a R$ 570,80; consumidores passaram a comprar só o essencial A Fundação IPEAD, por meio da coordenação de pesquisas, concedeu entrevista para a Record TV Minas em 03 de março de 2021 e repercutiu a pesquisa da cesta básica. Conforme levantamento, o custo da cesta básica apresentou queda em fevereiro/2021 (0,96%), custando R$ 570,80 no mês. Os principais responsáveis por essa queda foram o Tomate Santa Cruz (-13,26%), o Feijão carioquinha (-4,84%) e a Manteiga (-3,09%). No entanto, a cesta básica continua apresentando uma alta variação acumulada igual a 22,80% nos últimos 12 meses, aproximadamente cinco vezes maior do que a inflação. Fonte: Record TV MG – Publicado em 03/03/2021, por meio do […]

Continue lendo...