Repercussão da pesquisa do Custo da Cesta básica e possível aumento do preço do arroz por conta das enchentes no RS

O IPEAD/UFMG por meio do economista Diogo Santos concedeu entrevista a Rádio Inconfidência e repercutiu os resultados da pesquisa do custo da cesta básica do mês de abril/2024 em Belo Horizonte e possível aumento do preço do arroz por conta das enchentes no Rio Grande do Sul/RS. Fonte: Rádio Inconfidência – Publicado em 08/05/2024 – Boletim das 09h (AM e FM) e Hora do Fazendeiro (AM – a partir das17h) – Locução Renato Silveira.

Continue lendo...

Repercussão das pesquisas do Custo da Básica e Inflação de Belo Horizonte do mês de abril de 2024

O IPEAD/UFMG por meio do economista Diogo Santos concedeu entrevista a Rádio CBN-BH e repercutiu os resultados das pesquisas do Custo da Básica e Inflação de Belo Horizonte do mês de abril de 2024. Fonte: Rádio CBN-BH – Reportagem Bruna Bentes – Publicado em 09/05/2024.

Continue lendo...

Preço da cesta básica cai pelo 3º mês seguido em BH e inflação desacelera

Apesar das sucessivas quedas, cesta básica está R$ 30 mais cara que 12 meses atrás e ainda custa metade de um salário mínimo O custo da cesta básica, que representa o gasto médio de um trabalhador adulto com alimentação, ficou 1,27% mais barato, entre março e abril de 2024, em Belo Horizonte. A cesta está em R$ 719,5, o equivalente a 50,96% do valor de um salário mínimo. Apesar da queda, em 12 meses, a cesta básica ficou R$ 30,36 mais cara. Em 2024, o gasto com alimentos ainda registra alta acumulada de 3,77%. Os dados são da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead). Já o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em […]

Continue lendo...

IPCA de Belo Horizonte desacelera em abril e custo da cesta básica cai novamente

Excursões, passagens aéreas e móveis para sala foram responsáveis por segurar a inflação na capital mineira Em abril deste ano, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de Belo Horizonte subiu 0,24%, desacelerando frente a março, quando cresceu 0,52%. Os principais responsáveis por conter a inflação belo-horizontina foram os preços das excursões, passagens aéreas e móveis para sala. Os itens apresentaram baixas de 5,63%, 25,63% e 4,40%, respectivamente, no período. Em contrapartida, os valores da gasolina comum, automóvel novo e refeição fora de casa contribuíram para o aumento do custo de vida na Capital. Dados do levantamento divulgado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead) apontam encarecimentos para os itens, de 3,85%, 1,51% e 0,88%, na mesma […]

Continue lendo...

Custo da cesta básica em BH apresenta redução pelo terceiro mês consecutivo

A Fundação IPEAD divulga os resultados da pesquisa de custo da cesta básica em Belo Horizonte realizada no mês de abril de 2024. Destaques: – Custo da cesta básica apresenta queda em abril de 1,27% e passa a custar R$ 719,57. – O custo da cesta básica em BH registrou alta acumulada de 4,41% em 12 meses. – Os principais responsáveis pela queda do custo da cesta básica foram a Banana caturra (-24,26%), o Feijão carioquinha (-8,38%) e o Chã de dentro (-1,20%). Salientamos que os responsáveis pelas pesquisas estão à disposição para esclarecer dúvidas, gravar matéria específica para seu veículo de comunicação e agendar inserções em programas ao vivo, caso haja interesse. Atenciosamente, Renato Mogiz SilvaEconomista – Superintendente GeralFundação IPEAD/UFMG – Fundação Instituto de PesquisasEconômicas, Administrativas e Contábeis de MG(31) 3409-7110 / (31) […]

Continue lendo...

Repercussão das pesquisas da Inflação e do Custo da Cesta Básica de Belo Horizonte no mês de março de 2024

Repercussão das pesquisas da Inflação e do Custo da Cesta Básica do mês de março de 2024, por meio do Economista Diogo Santos. Fonte: Rádio Inconfidência – Boletim das 08h e Hora do Fazendeiro – 08/04/2024 – Reportagem Gustavo Abreu. 

Continue lendo...

Custo da cesta básica em BH apresenta redução pelo segundo mês consecutivo

Boa tarde! A Fundação IPEAD divulga os resultados da pesquisa de custo da cesta básica em Belo Horizonte realizada no mês de março de 2024. Destaques: – Custo da cesta básica apresenta queda em março de 0,60% e passa a custar R$ 728,79. – O custo da cesta básica em BH registrou alta acumulada de 4,47% em 12 meses. – Os principais responsáveis pela queda do custo da cesta básica foram a Batata inglesa (-17,84%), o Feijão carioquinha (-10,90%) e o Leite (-1,23%). Salientamos que os responsáveis pelas pesquisas estão à disposição para esclarecer dúvidas, gravar matéria específica para seu veículo de comunicação e agendar inserções em programas ao vivo, caso haja interesse. Atenciosamente, Renato Mogiz SilvaEconomista – Superintendente GeralFundação IPEAD/UFMG – Fundação Instituto de PesquisasEconômicas, Administrativas e Contábeis de MG(31) 3409-7110 / (31) […]

Continue lendo...

Repercussão das pesquisas da Inflação e do Custo da Cesta Básica de Belo Horizonte do mês de março de 2024

O IPEAD/UFMG por meio do consultor econômico Diogo Santos concedeu entrevista a Rádio Itatiaia e repercutiu os resultados das pesquisas da Inflação e do Custo da Cesta Básica de Belo Horizonte do mês de março de 2024 em 05/04/2024. Fonte: Rádio Itatiaia – Jornal da Itatiaia Noite – Publicado em 05/04/2024 – reportagem Vanuza Resende.

Continue lendo...

Repercussão da pesquisa do custo da cesta básica de Belo Horizonte referente ao mês de fevereiro de 2024

“Após três meses em elevação, o custo da cesta básica apresentou variação negativa de 0,31% entre janeiro e fevereiro, em Belo Horizonte. De acordo com a Fundação Ipead, da UFMG, o valor da cesta atingiu 733 reais, o equivalente a quase 52% do valor de um salário mínimo”. Os itens com maior variação negativa no preço médio em fevereiro foram tomate, chã de dentro e óleo de soja. Já os itens que ficaram mais caros foram banana caturra, feijão carioquinha e leite. Em 12 meses, o custo da cesta básica em BH acumula alta de 4,89%. Nota emitida pela Rádio Inconfidência na programação do Repórter Inconfidência em 07/03/2024.

Continue lendo...

Custo da Cesta Básica em BH tem leve queda em fevereiro após três altas consecutivas

A Fundação IPEAD divulga os resultados dos índices de inflação em Belo Horizonte de fevereiro de 2024. Destaques: – O custo de vida em BH, medido pelo IPCA-BH, sobe 0,24% em fevereiro contra 2,12% em janeiro de 2024. – Inflação sentida pelas famílias de 1 a 5 salários mínimos, captada pelo IPCR, sobe 0,25% em fevereiro contra 2,40% em janeiro de 2024. – Preços do Seguro voluntário de veículos, Condomínio residencial e Gasolina comum contribuem para alta da inflação. – Queda nos Preços das Excursões ajudou a segurar a inflação. – Inflação acumulada nos últimos 12 meses pelo IPCA BH está em 6,64% e pelo IPCR está em 6,78%. Salientamos que os responsáveis pelas pesquisas estão à disposição para esclarecer dúvidas, gravar matéria específica para seu veículo de comunicação e agendar inserções em programas ao vivo, caso haja interesse. Atenciosamente, Renato Mogiz SilvaEconomista – Superintendente GeralFundação IPEAD/UFMG – Fundação Instituto […]

Continue lendo...