Alta nos combustíveis leva BH à maior inflação anual desde 2015

No ano passado, IPCA ficou em 9,63% na capital mineira; gasolina subiu 51,44%, e etanol, 73,31% Aumento nos combustíveis gera efeito cascata nos outros produtos devido ao custo do transporte Pressionada pelo valor elevado da gasolina, a população de Belo Horizonte pagou mais caro por diversos produtos e serviços em 2021. A alta foi mais sentida, além do transporte, na alimentação – em casa e na rua – e na energia elétrica.  Segundo pesquisa do Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis (Ipead), da UFMG, a taxa de inflação na capital, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi de 9,63%. A alta foi a maior desde 2015, quando ficou em 11,82%. Em BH, o IPCA ainda ficou […]

Continue lendo...

Ipead/UFMG: balanço econômico 2021 é marcado por forte inflação e alta de 51% na gasolina em Belo Horizonte

Uma inflação muito acima da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional, o preço da gasolina nas alturas e a cesta básica com o maior valor nominal desde o início das pesquisas em 1994 – seguidos pela consequente queda no Índice de Confiança do Consumidor. Esses são os resultados encontrados pelo Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG (Ipead/UFMG) no balanço dos estudos/pesquisas realizados em 2021 sobre Belo Horizonte. O balanço e as pesquisas completas podem ser encontrados no site do Ipead. Segundo o Ipead, nos últimos 12 meses a inflação acumulada ficou em 9,63%. Destaca-se que para o ano de 2021 a meta definida pelo Conselho Monetário Nacional foi de 3,75%, podendo variar entre 2,25% e 5,25%. A gasolina foi o maior […]

Continue lendo...

Preço da gasolina teve aumento de 51% em BH em 2021; etanol subiu mais de 73%

Gás de cozinha também teve grande impacto no bolso do consumidor com uma variação de 40,44% O preço dos combustíveis foi um dos itens que mais pesou no bolso do consumidor belorizontino em 2021. Prova disso é que o preço da gasolina registrou um aumento de 51,44% no último ano, segundo estudo feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis, da Universidade Federal de Minas Gerais (Ipead). A maior variação no item foi registrada no 1º trimestre do ano, quando a alta foi de 24,39%. No último trimestre de 2021 a variação foi de 10,88%. Quem abasteceu com etanol também sentiu o peso do aumento do bolso. Em 2021, a variação foi de 73,31%. Só no último trimestre do […]

Continue lendo...

Divulgação dos índices do mês dezembro/21 e Balanço de 2021 – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem até este veículo de comunicação divulgar, em primeira mão, os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de dezembro de 2021 e um balanço do ano de 2021.Destaques das pesquisas de dezembro de 2021: Destaques das pesquisas de dezembro de 2021: – O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, avançou no décimo-segundo mês do ano, apresentando um aumento de 1,03% no mês de dezembro. O resultado foi obtido a partir da pesquisa de preços dos produtos/serviços que são agrupados em 11 itens agregados, sendo os maiores destaques, em termos de variação, as altas de 6,93% para Vestuário e complementos, 4,89% para Bebidas em bares e restaurantes, 3,53% […]

Continue lendo...

IPCA sobe 0,83% na Capital em novembro e acumula alta de 9,86% em 12 meses

A inflação em Belo Horizonte avançou 0,83% em novembro, novamente pressionada pelos preços dos combustíveis.  Os dados são do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado na sexta-feira (3) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead), vinculada à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Com a alta, o índice acumula variação de 8,5% entre janeiro e novembro. Nos últimos 12 meses, o IPCA avançou 9,86%. A gasolina novamente foi o produto que mais pressionou o índice, com alta de 6,56% em novembro. Também contribuíram de forma relevante a refeição fora de casa (1,88%) e excursões (2,41%). “O custo petróleo, que é dolarizado, continua influenciando o preço dos combustíveis. O barril, que valia US$ […]

Continue lendo...

Divulgação dos índices do mês novembro/21 e Pesquisa especial de Pretensão de compra para o Natal – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG vem divulgar, em primeira mão, para toda a sociedade e imprensa os resultados dos estudos realizados no mês de novembro de 2021. Destaques: – O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, avançou no décimo primeiro mês do ano, apresentando um aumento de 0,83% no mês de novembro. O resultado foi obtido a partir da pesquisa de preços dos produtos/serviços que são agrupados em 11 itens agregados, sendo os maiores destaques, em termos de variação, as altas de 1,58% para Alimentação em restaurante, 1,51% para Produtos administrados, 1,27% para Artigos de residência e 1,01% para Alimentos industrializados. No sentido oposto, destaca-se a queda de 1,15% para Alimentos elaboração primária. – O produto de maior contribuição para o aumento […]

Continue lendo...

Divulgação dos índices do mês outubro/21 – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem até este veículo de comunicação divulgar, em primeira mão, os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de outubro de 2021. Destaques: – O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, avançou no no mês de outubro, apresentando um aumento de 0,95%. O resultado foi obtido a partir da pesquisa de preços dos produtos/serviços que são agrupados em 11 itens agregados, sendo os maiores destaques, em termos de variação, foram as altas de 5,30% para Alimentos in natura, 1,27% para Produtos administrados, 1,13% para Alimentos elaboração primária, 1,10% para Alimentos industrializados e 1,04% para Encargos e manutenção. Não houve destaques para queda de preços. – O produto de maior contribuição para o aumento […]

Continue lendo...

Divulgação dos índices do mês de setembro/21 – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem divulgar, em primeira mão, para toda a sociedade e imprensa os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de setembro de 2021. Destaques: – O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, avançou 1,31% no mês de setembro. O resultado foi obtido a partir da pesquisa de preços dos produtos/serviços que são agrupados em 11 itens agregados, sendo os maiores destaques, em termos de variação,  altas de 5,57% para Alimentos in natura, 2,52% para Alimentação em restaurante, 2,02% para Despesas Pessoais, 1,54% para Alimentos elaboração primária, 1,51% para Encargos e manutenção, 1,38% para Alimentos industrializados e 1,23% para Produtos administrados. No sentido oposto, os maiores destaques foram as quedas de 3,37% para Bebidas em bares e restaurantes e […]

Continue lendo...

Divulgação dos índices do mês agosto/21 – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem divulgar, em primeira mão, para toda a sociedade e imprensa os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de agosto de 2021. A seguir alguns destaques da divulgação: – O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, aumentou 0,44% no mês de agosto. O resultado foi obtido a partir da pesquisa de preços dos produtos/serviços que são agrupados em 11 itens agregados, sendo os maiores destaques, em termos de variação, as altas de 4,83% para Alimentos in natura, de 2,61% para Alimentos industrializados, de 2,14% para Vestuário e complementos, de 1,47% para Alimentos elaboração primária e de 1,06% para Alimentação em restaurante. No sentido oposto, não houve destaques significativos. – O item de maior […]

Continue lendo...

Divulgação dos índices do mês julho/21 – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG vem divulgar, em primeira mão, para toda a sociedade e imprensa os resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de julho de 2021. A Fundação disponibiliza profissionais especialistas para atender às suas demandas e prestar os esclarecimentos necessários. Destaques: O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, avançou no sétimo mês do ano, apresentando um aumento de 0,54% no mês de julho. O resultado foi obtido a partir da pesquisa de preços dos produtos/serviços que são agrupados em 11 itens agregados, sendo os maiores destaques, em termos de variação, as altas de 3,83% para Alimentação em restaurante, de 2,70% para Alimentos elaboração primária, de 1,31% para Bebidas em bares […]

Continue lendo...