Especialistas analisam impactos da alta do dólar

A Rádio UFMG Educativa, por meio do Programa “Outra estação’, entrevistou a Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento do IPEAD, Thaize Martins, e repercutiu os impactos do dólar para o consumidor da edição do dia 03/01/2020: Ouça o trecho da entrevista: Fonte: Rádio UFMG Educativa – Outra Estação – Publicado em 03/01/2020.

Continue lendo...

Um bife ou três pastéis: acréscimo de R$ 6 no salário mínimo chega a ser irrisório para trabalhador

O aumento de R$ 6 no salário mínimo, que passará a partir do próximo dia 1º para R$ 1.045, vai garantir ao trabalhador a compra no mês, por exemplo, apenas de um bifinho de 200 gramas de chã de dentro. O produto, usado para o cálculo da cesta básica pelo Ipead, em Belo Horizonte, tem custo médio de R$ 30,3 o quilo. O valor “extra” também equivale a três pastéis em muitas lanchonetes de BH que vendem o salgado a R$ 2. Caso do estabelecimento onde trabalha Natália Carvalho, de 24 anos, na região Oeste da cidade. Ela se diz indignada com o “novo reajuste” do mínimo. “Dá para comprar só três pasteis, no mês inteiro. Para quem vive com […]

Continue lendo...

Cesta básica tem aumento de 12% em BH, diz instituto da UFMG

A TV Globo Minas, por meio do Bom dia Minas, marcou presença na coletiva de divulgação dos índices do balanço anual de 2019 realizada pela Fundação IPEAD no dia 08/01/2020. E no dia 09/01/2020 entrevistou, ao vivo, a Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento, Thaize Martins. Clique abaixo e assista a entrevista completa: Fonte: TV Globo Minas – Publicado por meio do Bom dia Minas em 09/01/2020.

Continue lendo...

Custos elevados comprometem a qualidade de vida em BH

A TV Rede Minas, por meio do Jornal Minas, marcou presença na coletiva de divulgação dos índices do balanço anual de 2019 realizada pela Fundação IPEAD no dia 08/01/2020 e repercutiu dados das pesquisas da Inflação e Cesta Básica. Clique abaixo e assista a entrevista completa: Fonte: TV Rede Minas – Publicado em 08/01/2020 por meio do  Jornal Minas.

Continue lendo...

Carne cara no fim do ano deixa inflação de BH acima da meta

Grupo de alimentos que inclui proteína bovina aumentou 11,9% em dezembro; preços na capital acumularam alta de 5,23% em 2019 Puxada pela disparada do preço da carne, a inflação em Belo Horizonte foi de 1,09% em dezembro, a maior variação para o mês desde 2005. Por causa da alta, a inflação da capital ficou acima do esperado no ano passado, em 5,23%, e superior à meta de 4,25% definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para 2019. Em 2018, a taxa foi de 4,59%. Os dados foram divulgados ontem pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead).  “Era esperado que a inflação ficasse próxima do centro da meta, mas novembro e dezembro trouxeram aumentos muito fortes. […]

Continue lendo...

Consumidor está menos confiante, aponta IPEAD

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) na capital mineira mostra que as pessoas estavam mais pessimistas em dezembro em relação a novembro. Os números também são negativos no acumulado do ano. As informações foram divulgadas ontem pela Ipead/UFMG. No mês passado, o índice alcançou os 38,07 pontos, número abaixo dos 50 pontos, que marcam a fronteira entre o pessimismo e o otimismo, representando uma diminuição de 2,58%. No acumulado do ano, a queda foi de 3,41%. De acordo com a coordenadora de pesquisas da entidade, Thaize Martins, havia uma confiança maior em 2018, sobretudo por causa das eleições realizadas naquele ano. No entanto, como algumas expectativas não se concretizaram, isso interferiu na diminuição nos números do índice. Os itens […]

Continue lendo...

Convite para Coletiva – Divulgação índices do balanço anual de 2019 e comparativo com anos anteriores – Fundação IPEAD/UFMG

É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG convida a imprensa e a sociedade para a coletiva especial de divulgação dos resultados dos estudos/pesquisas realizados em 2019 e sua comparação com os anos anteriores. Nesta ocasião, a Fundação disponibilizará profissionais especialistas para atender às suas demandas e prestar os esclarecimentos necessários. Síntese dos dados que serão divulgados: custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, aumentou em dezembro/2019, sendo fortemente influenciado pelo aumento dos preços das carnes bovinas; O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA e pelo IPCR, fechou o ano dentro da meta definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom), que se dá pelo intervalo de 2,75% até 5,75% no […]

Continue lendo...

Desconfiança persiste: desde 2013, consumidores mantêm pessimismo em relação à economia do país

Janeiro de 2020 irá marcar a economia de Belo Horizonte de forma desagradável. O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), único indicador mensal que sintetiza a opinião dos compradores na capital em relação a diversos aspectos conjunturais – e que afetam suas decisões de gastos –, terá novamente uma nota considerada pessimista. Está sendo assim desde janeiro de 2013, última vez que a pontuação foi classificada como positiva. O ICC é elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead/UFMG) com base em seis componentes, entre eles inflação e desemprego. A nota média oscila de zero a 100 pontos. Abaixo de 50, o resultado mostra que os consumidores estão pessimistas com a economia. Acima, otimistas. […]

Continue lendo...

Repercussão da pesquisa de Pretensão de compra para o Natal de 2019

A Rádio Band News entrevistou a Coordenadora de Pesquisas do IPEAD, Thaize Martins, e repercutiu dados da pesquisa de Pretensão de compra para o Natal de 2019. “A maioria dos entrevistados 62,38% disseram que pretendem presentar alguma pessoa neste Natal, enquanto 37,62% não pretendem presentar. Dentre estes que vão comprar presentes, nós observamos um valor médio a ser gasto de R$83,97 com cada presente”, destacou Thaize Martins. Clique abaixo e ouça a entrevista completa: Fonte: Rádio Band News Belo Horizonte – Publicado em 3/12/2019.

Continue lendo...

Ir ao açougue tem se tornado uma tarefa difícil nas últimas semanas devido ao preço alto das carnes

A Rádio Itatiaia entrevistou a Coordenadora de Pesquisas e Desenvolvimento da Fundação IPEAD-UFMG, Thaize Martins, e repercutiu o aumento de preços das carnes. “Foi um conjunto de fatores, o principal deles foi o aumento do volume de exportação de carne bovina para a China”, explicou a Coordenadora Thaize. Clique abaixo e ouça a entrevista completa: Fonte: Rádio Itatiaia – Publicado em 15/12/2019 – Reportagem de Camila Campos.

Continue lendo...