Despesas pessoais ajudam a pressionar a inflação

O custo de vida em Belo Horizonte fechou o mês de outubro com variação positiva. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado ontem pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead), apresentou alta de 0,29% em relação a setembro do mesmo ano. No acumulado dos últimos 12 meses, o índice registrou alta de 5,25%. O resultado do acumulado do ano atingiu o centro da meta previsto para 2018, na marca dos 4,49%. A coordenadora de pesquisa e desenvolvimento do Ipead, Thaize Martins, destaca que o centro da meta deverá ser ultrapassado, uma vez que ainda faltam dois meses para o fechamento do ano. “A expectativa do início do ano era manter uma inflação […]

Continue lendo...

Convite para Coletiva – Divulgação índices do mês de outubro de 2018 + Pesquisa Especial: Destino do 13º salário – Fundação IPEAD/UFMG

Data da coletiva: 06/11/18 (terça-feira)Horário: 15:00 horasEnd: Av. Presidente Antônio Carlos, 6.627 – Campus da UFMG Pampulha – Prédio da FACE. Destaques: Pesquisa especial constata que pela primeira vez nos últimos três anos, a maior parte dos entrevistados afirmou não ter direito ao recebimento do 13º salário ou gratificação similar em 2018. Dentre os que recebem o 13º salário, o item citado mais vezes como sendo o principal destino desse recurso foi “Pagar contas atrasadas, quitar dívidas”, seguido do item “Poupar para outros fins”, assim como ocorreu em 2017 e 2016. As componentes “Emprego” e “Situação Econômica do País” foram as que mais contribuíram para o aumento do ICC-BH do mês de outubro. O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA, apresentou alta em outubro/2018, quando comparado com o mês anterior.  […]

Continue lendo...

Repercussão das pesquisas/estudos do mês de setembro de 2018

A Rádio Inconfidência repercutiu os dados das pesquisas/estudos realizados no mês de setembro de 2018 pela Fundação IPEAD/UFMG. Dentre elas, podemos destacar a pesquisa do Dia das Crianças e da Cesta Básica. Ouça o áudio completo da entrevista clicando abaixo. Fonte:  Rádio Inconfidência – Publicado em 08/10/2018.

Continue lendo...

Tomate, item da cesta básica que já teve o preço nas alturas, agora é o ‘mocinho’ da vez

A Rádio Itatiaia entrevistou a Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento da Fundação IPEAD/UFMG, Thaize Martins, e repercutiu dados da pesquisa da Cesta Básica do mês de setembro de 2018. Ouça o áudio completo, clicando abaixo: Fonte: Rádio Itatiaia – Publicado em 07/10/2018.

Continue lendo...

Divulgação dos Índices do mês de setembro de 2018 + Pesquisa Especial do Dia das Crianças – Fundação IPEAD/UFMG

Data da coletiva: 05/10/18 (sexta-feira)Horário: 15:00hEnd: Prédio da Faculdade de Ciências Econômicas – FACE, Campus UFMG Pampulha. Destaques: Pesquisa especial constata que o Dia das Crianças deste ano será mais aquecido que no ano de 2017. As componentes “Emprego” e “Inflação” foram as que mais contribuíram para a queda do ICC-BH do mês de setembro. Após queda em agosto, o custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA, apresentou alta em setembro/2018, quando comparado com o mês anterior. O produto/serviço Gasolina foi o que mais contribuiu para a inflação registrada em setembro e já acumula alta superior a 20% no ano, enquanto o índice geral (IPCA) permanece dentro da meta de 4,5% no mesmo período. O custo da cesta básica apresenta a terceira queda consecutiva no mês de setembro/2018. Na última reunião do COPOM (18 e 19 de setembro), a taxa básica de juros, SELIC, foi mantida […]

Continue lendo...

BH tem queda de 0,03% no IPCA

Belo Horizonte apresentou deflação em agosto, com ligeira queda de 0,03% no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Esse é o menor valor registrado desde 2010, segundo divulgado ontem pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais, vinculada à Universidade Federal de Minas Gerais (Ipead/UFMG). A queda da inflação ocorre após o índice apresentar alta em julho, ainda sofrendo os efeitos da greve dos caminhoneiros e do aumento no preço dos produtos administrados, como energia e combustível. A preocupação agora é com a alta do dólar, que pode impactar na inflação nos próximos meses. Devido aos efeitos da greve dos caminhoneiros, havia expectativa quanto ao comportamento dos preços em agosto. De acordo com a coordenadora […]

Continue lendo...

Em BH, taxa pode ultrapassar centro da meta

Alta foi de 0,67% em julho e de 3,83% no 1º semestre, alcançando 5,32% no acumulado dos últimos 12 meses O custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apresentou variação positiva de 0,67% em julho deste ano e intensificou o receio de que o indicador não fique abaixo do centro da meta de 4,5% estipulada para 2018. O resultado de julho foi impactado pela variação positiva de 20,05% nas excursões, em decorrência das férias escolares, pelo reajuste anual dos planos de saúde, que variaram 10% e as refeições fora de casa, com 1,89% de variação. Os dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead) apontaram ainda […]

Continue lendo...

Inflação em BH fica 0,67% mais alta em Julho

Vilões que mais impactaram os números do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados nesta sexta-feira, foram saúde e cuidados pessoais A inflação em Belo Horizonte teve alta de 0,67% em julho, segundo apurou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, administrativas e Contábeis de Minas Gerais da Universidade Federal de Minas Gerais (Ipead/UFMG). Os vilões e que mais impactaram os números do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados nesta sexta-feira, foram saúde e cuidados pessoais, com alta de 4,16% e alimentos que aumentaram 4,09%. Por outro lado, alimentos in natura fizeram a boa ação e apresentaram a maior queda, 21,40%. No ano, a inflação em BH acumula alta de 3,83% e considerando os últimos 12 meses, os […]

Continue lendo...