Aumento de 46% da taxa de embarque da rodoviária de BH revolta passageiros

Tarifa aumentou de R$ 3,90 para R$ 5,70 no domingo e R$ 1,80 a mais no preço da passagem compromete a renda de quem viaja todos os dias O eletricista Márcio Adriano da Silva, de 51 anos, embarca 22 vezes por mês na rodoviária de Belo Horizonte para prestar serviços em Capim Branco, na região Central do Minas, e no Instituto Inhotim, em Brumadinho, na região metropolitana. Com o aumento de 46% da tarifa de embarque do terminal rodoviário, que no domingo subiu de R$ 3,90 para R$ 5,70, o orçamento mensal do eletricista está comprometido em R$ 39,20, por ele ter que pagar R$ 1,80 a mais em cada passagem. “Eu compraria uma caixa de leite com essa diferença, […]

Continue lendo...

Quanto custa viver em BH? Inflação geral cai um pouco em fevereiro, mas cesta básica sobe

A TV Rede Minas, por meio do Jornal Minas, repercutiu dados das pesquisas da Inflação, Cesta Básica e do índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte, realizadas pela Fundação IPEAD/UFMG no mês de fevereiro de 2020. Clique abaixo e assista a entrevista completa: Fonte: TV Rede Minas – Publicado em 04/03/2020 por meio do Jornal Minas.

Continue lendo...

Inflação recua, mas cesta básica sobe quase 10% na capital em janeiro

Levantamento realizado em fevereiro pelo Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis da Universidade Federal de Minas Gerais (Ipead/UFMG), divulgado nessa terça-feira (3), mostra queda no custo de vida da capital em janeiro. Mas aponta inflação acumulada em 12 meses ainda bem acima da meta fixada pelo Conselho de Política Monetária do Banco Central. Além disso, conforme a pesquisa, a cesta básica na cidade apresenta elevação de 9,13% em um ano, quase o dobro da referida inflação.Segundo o Ipead, a inflação de fevereiro, medida pelo IPCA e o IPCR calculados com base na evolução de preços de 11 produtos e serviços, recuou 0,17% em relação ao mês anterior. Os maiores destaques, em termos de variação, foram as quedas de 3,22% […]

Continue lendo...

IPCA registra queda de 0,17% em fevereiro em Belo Horizonte

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em Belo Horizonte apresentou uma queda de 0,17% em fevereiro na comparação com janeiro. Os dados foram divulgados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais da Universidade Federal de Minas Gerais (Ipead/UFMG) nessa terça-feira (3). De acordo com a coordenadora de pesquisas da entidade, Thaize Martins, o decréscimo já é esperado para fevereiro. Ela afirma que em 2019, por exemplo, o recuo para o mês foi de 0,24%, de -0,44% em 2018 e de -0,43% em 2017. “Esse é um comportamento esperado para o mês de fevereiro porque em janeiro, em geral, os valores sobem muito”, ressalta Thaize Martins. O item energia elétrica foi o que mais […]

Continue lendo...

Repercussão das pesquisas do mês de janeiro de 2020

A Rádio Band News FM entrevistou a Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento da Fundação IPEAD/UFMG e repercutiu dados das pesquisas realizadas ao longo do mês de janeiro de 2020. “A inflação do mês de janeiro na Capital ficou em 1,25%, ou seja, como em média os preços aumentassem 1,25% na comparação com os preços de dezembro. Essa inflação é alta, mas dentro do que a gente já esperava”, explicou”, Thaize Martins. Clique abaixo e ouça a matéria completa: Fonte: Rádio Band News FM – Publicado em 05/02/2020.

Continue lendo...

Inflação tem alta de 1,25% em janeiro na capital

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em Belo Horizonte apresentou um crescimento de 1,25% em janeiro na comparação com o mês de dezembro. Trata-se da menor alta para janeiro desde o ano de 2008, quando o índice teve um avanço de 1,17%. No mesmo período de 2019, por sua vez, o acréscimo foi de 1,87%. Já nos últimos 12 meses, o incremento registrado no IPCA foi de 4,60%. Os dados foram apurados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas,Administrativas e Contábeis de Minas Gerais da Universidade Federal de Minas Gerais (Ipead/UFMG). Conforme explica a coordenadora de pesquisas da entidade, Thaize Martins, os aumentos em janeiro são esperados todos os anos, uma vez que o mês coincide com uma série de reajustes, como os relacionados ao Imposto […]

Continue lendo...

Com alimentos caros, inflação de Belo Horizonte fecha janeiro em 1,25%

O aumento de maior peso no IPCA de janeiro foi observado nos alimentos in natura, com avanço de 6,03% no período. Por outro lado, preço da carne caiu até 12,36% na capital Puxada por gastos com alimentação, despesas pessoas, empregado doméstico e compromissos típicos do início do ano, como o IPTU, a inflação de Belo Horizonte fechou em 1,25% em janeiro. Divulgada nessa quarta-feira (5), a informação é da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead), da UFMG, que mede o Índice Geral de Preços ao Consumidor Amplo da capital (IPCA-BH), principal indicador da inflação. O aumento de maior peso no IPCA de janeiro foi observado nos alimentos in natura, com avanço de 6,03% no […]

Continue lendo...

Divulgação dos índices do mês de janeiro de 2020 + Pesquisa Especial: Material Escolar – Fundação IPEAD/UFMG

Boa tarde, É com muita satisfação que o IPEAD/UFMG – Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de MG convida a imprensa e a sociedade para a coletiva de divulgação dos resultados dos estudos/pesquisas realizadas no mês de janeiro de 2020, incluindo a pesquisa especial sobre o dispêndio com Material Escolar e disponibiliza profissionais especialistas para atender às suas demandas e prestar os esclarecimentos necessários.  Destaques: Neste período foi realizada uma pesquisa especial sobre o dispêndio com material escolar, a qual constatou que 85,39% dos entrevistados que tiveram gastos com material escolar em 2020, pretendiam adotar alguma estratégia para economizar na hora da compra. As estratégias “Pesquisar preços em diferentes estabelecimentos”  e “Reutilizar material escolar do ano anterior” , continuam sendo as opções mais citadas pelos consumidores nos últimos cinco anos. O destaque do ano […]

Continue lendo...

Especialistas analisam impactos da alta do dólar

A Rádio UFMG Educativa, por meio do Programa “Outra estação’, entrevistou a Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento do IPEAD, Thaize Martins, e repercutiu os impactos do dólar para o consumidor da edição do dia 03/01/2020: Ouça o trecho da entrevista: Fonte: Rádio UFMG Educativa – Outra Estação – Publicado em 03/01/2020.

Continue lendo...

Um bife ou três pastéis: acréscimo de R$ 6 no salário mínimo chega a ser irrisório para trabalhador

O aumento de R$ 6 no salário mínimo, que passará a partir do próximo dia 1º para R$ 1.045, vai garantir ao trabalhador a compra no mês, por exemplo, apenas de um bifinho de 200 gramas de chã de dentro. O produto, usado para o cálculo da cesta básica pelo Ipead, em Belo Horizonte, tem custo médio de R$ 30,3 o quilo. O valor “extra” também equivale a três pastéis em muitas lanchonetes de BH que vendem o salgado a R$ 2. Caso do estabelecimento onde trabalha Natália Carvalho, de 24 anos, na região Oeste da cidade. Ela se diz indignada com o “novo reajuste” do mínimo. “Dá para comprar só três pasteis, no mês inteiro. Para quem vive com […]

Continue lendo...